A história da Sociedade Portuguesa de Neonatologia (SPN) começa em 30 de março de 1984. Nesta data, o então Secretário Geral da Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP), João Videira Amaral, encabeçando uma lista de proponentes, endereçou, nos termos regulamentares, ao Presidente daquela, Luiz Marques Pinto, um projeto de estatutos elaborado por Luís Duarte Fino.

A 7 de Dezembro de 1984 a Direção da SPP toma conhecimento oficial da proposta e propõe a sua votação da mesma em Assembleia Geral Extraordinária.

Esta é efetuada a 16 de março de 1986 e a posposta é votada por unanimidade, estando assim criada a Secção de Neonatologia.

A primeira Direção da Secção tem como presidente Ramos de Almeida, como secretário geral Duarte Fino, secretária adjunta Micaela Serelha e como tesoureira, Ofélia Guerreiro.

As direções seguintes tiveram como presidentes L. Duarte Fino, Rui Carrapato, Maria do Céu Machado, Teresa Neto, Valdemar Martins, Hercília Guimarães, Teresa Tomé, Almerinda Pereira, Rosalina Barroso e atualmente Joana Saldanha.

Uma das preocupações da Secção foi desde o início, a formação e atualização dos profissionais ligados ao recém-nascido.

A formação e diferenciação dos profissionais da área neonatal tem sido uma preocupação das diferentes Direções. Têm sido organizadas regularmente jornadas nacionais temáticas, onde são discutidos os mais variados temas que à perinatologia interessam. E têm ainda sido organizados cursos de ecografia transfontanelar, ecocardiografia funcional, cursos de reanimação, workshops de cuidados paliativos

O Registo Nacional de Recém-Nascidos de Muito Baixo Peso, iniciado em 1994 e ininterruptamente desde 1996 é extremamente importante na interdisciplinaridade e comparação de indicadores neonatais. Colabora desde 2003 na Euroneonet, rede europeia de base de dados de registo de recém-nascidos de muito baixo peso.

A Secção tem patrocinado bolsas de investigação e vários estudos científicos o Grupo Nacional de Registo das Nefro Uropatias Congénitas, Epidemiologia da Infeção Sistémica em Recém-nascidos Portugueses e Estudo da Incidência da Infeção por Streptococcus do grupo B em Crianças com menos 90 dias de vida.

A Secção de Neonatologia foi fundadora da Union of European Neonatology and Perinatology Societies (UENPS) sendo a primeira Presidente da UENPS a Prof. Doutora Hercília Guimarães.

Em 2015, por decisão em assembleia geral extraordinária, a Secção de Neonatologia passa a Sociedade Portuguesa de Neonatologia.

Em 2016 a Sociedade Portuguesa de Neonatologia passa a integrar a European Association of Perinatal Medicine dando mais um passo na internacionalização da Sociedade

São 30 anos de uma Sociedade científica em prol da saúde dos recém-nascidos e suas famílias.